3 de abril de 2017

Já Passou



A neve cobre a montanha esta noite,
Mas os passos são só meus.
Comigo só há solidão,
Sou rainha destes céus.
Cá dentro a tempestade que estou a sentir
Não a controlei, deixei-a sair.
Não vão entrar,
Não podem ver,
Sê a menina que tu tens de ser.
"Esconder,
Conter,
Ou saberão"
Mas foi em vão.

Já passou,
Já passou.
Não vivo mais com temor.
Já passou,
Já passou.
Fecha a porta por favor
Tanto faz o que vão dizer,
Venha a tempestade,
O frio nunca me fará estremecer.

Eu vejo que a distância
Vai tudo suavizar.
E os medos de outros tempos
Não me vão apanhar.
Ser livre assim
É mesmo bom.
Ver os limites deste dom.
Sem regras sou feliz enfim,
Sou sim!
Enviar um comentário