28 de outubro de 2011

Sopa de Abóbora da Bruxinha Mami


Nem eu, resisto a cozinhar uma boa Sopa de Abóbora este fim de semana de Halloween.
Aqui vos deixo a receita!
Abracadabra e eis uma deliciosa sopinha:

Ingredientes:
- 400 g de batatas
- 400 g de abóbora
- 1 cebola
- 3 dentes de alho
- 0,5 dl de azeite
- 1,5 l de água
- 100 g de pão
- 1 ramo de coentros
- Sal q.b.

Preparação:
Descasque as batatas e a abóbora, lave-as e corte-as em pedaços.
Descasque a cebola e os dentes de alho, pique-os e refogue-os no azeite.
Junte ao refogado as batatas e a abóbora.
Adicione a água previamente fervida e tempere.
Deixe cozinhar durante 15 minutos, em lume brando.
Quando os legumes estiverem cozidos, retire do lume e triture.
Sirva com pedacinhos de pão e os coentros picados.

26 de outubro de 2011

Está quase a chegar...

Desculpa, foi sem intenção!

“...Tropecei num estranho que passava e lhe pedi perdão. Ele respondeu: "desculpe-me, por favor; também não a vi."
Fomos muito educados, seguimos nosso caminho e nos despedimos.
Mais tarde, eu estava cozinhando e o meu filho estava muito perto de mim.
Ao me virar quase esbarro nele. Imediatamente gritei com ele; ele se retirou sentido, sem que eu notasse quão dura que lhe falei...”

O texto acima, é um trecho de um e-mail que recebi ontem de uma amiga, é um texto extenso, mas repleto de verdades que me fez refletir bastante, sobre o que representa um pedido de desculpa.
Muitas vezes evitamos pedir desculpas por várias razões.
Principalmente quando o pedido de desculpas é para alguém da nossa família.
Às vezes agimos com uma certa grosseria com os nossos familiares e nem sequer nos damos conta desse acto.
Grosserias que jamais fazemos com as pessoas de fora do nosso lar.
Porque temos tanta cautela com os nossos actos para uma pessoa desconhecida e não temos tanta cautela para o nosso marido, esposa, irmãos, irmãs, cunhados, cunhadas, tios, tias, primos, primas, pais ou filhos?
Nem sempre deixamos de nos desculpar por orgulho, mas por pensar que já que é da família a pessoa entendera ou nem é necessário ficar se desculpando.
Um coisa que não suporto é gente que vive fazendo asneira e depois acha que um simples pedido de desculpa se resolve.
E ainda depois de pedir desculpas, vêm com aquela frase pronta:
- Mas eu pedi desculpas!
No final das contas a pessoa faz uma cara de coitada e ainda faz a gente se sentir um monstro incompreensível, incapaz de desculpar um erro e a pessoa fica como se nada tivesse acontecido ou atingido.
Sabe aquelas pessoas que prometem, se arrependem, se desculpam e acha que por causa de um pedido de desculpas tudo já esta reparado?
Pois é, é esse tipo de gente a que me refiro.
Não é por que se desculpou que tudo vai estar acabado, esquecido. Dependendo do que aconteceu, mesmo que a pessoa que recebeu o pedido de desculpas diga: - Tudo bem, eu aceito o pedido de desculpa, vamos esquecer e deixar pra lá.
O pior de tudo são as “desculpas esfarrapadas”. Do tipo:
Desculpa, de manhã costumo acordar de mau humor, por isso sou grossa. -Me desculpe, eu não pensei que isso iria te magoar. - Desculpa eu sou assim, quase sempre não cumpro horários. Ou - Desculpa é que sou meio desorganizada.
Só concedo meu perdão quando vejo que o acto foi um acidente, do tipo um esbarrão, ou, uma situação inesperada que eu vejo que a pessoa nem teve sequer tempo de pensar e teve que agir rápido e buf, fez algo que me magoou sem pensar, planejar ou querer.
Pior do que encarar gente que vive se desculpando, é aturar gente que :
erra, não aceita que errou e nem se desculpa por seus erros.
Comigo não, nem tente me ofender, vir com mentiras ou me trair que eu não desculpo mesmo!
Quem sabe... Talvez um dia, quando SE por acaso eu tiver Alzheimer.

18 de outubro de 2011

Parabéns Luis

Tu que estás sempre presente, em todas as horas, mesmo quando estás longe.
Tu que me animas quando estou triste e me estendes o lenço quando derramo alguma lágrima;
tu, o único que as vês cair e que sabes ficar em silêncio apenas a agarrar na mão, enquanto eu desabafo.
Aquele que consegue realmente que eu fale do que me preocupa, do que me atormenta.
És especial! Muito especial.
E eu adoro-te por seres quem és - a pessoa que és: ternurenta, meiga, preocupada com as pessoas que te rodeiam, o carinho, o ombro amigo, a pessoa com quem sei que posso falar de tudo.
Sei que, se pudesses, irias em busca daquilo que eu gostaria de ter, apenas para não me veres preocupada.
Tu sabes que eu também sinto assim, não sabes?
Sabes do que me estou agora a lembrar?
Da forma como nos conhecemos, não sei bem há quanto tempo, 28 anos ou mais?
Na praia, estava eu a fazer topless, lol!
Tínhamos uma diferença de 4 anos que na altura fazia alguma "distância".
Eu era uma teenager e tu já um homenzinho, ahahahahah
Olhaste para mim, e ...

Sabes que te desejo as maiores felicidades.
Desejo que tenhas na vida tudo o que mais queres.
Obrigada por seres assim, obrigada por existires e por teres entrado na minha vida.
Só te quero ver feliz, infinitamente feliz.

FELIZ ANIVERSÁRIO

Um beijo enorme

Eu sou uma sem vergonha...

É, sem vergonha de sorrir de alegria, sorrir sem querer, sorrir com o canto da boca, sorrir quando imagino, sorrir quando lembro.
Sem vergonha de viver...
Viver do meu jeito, viver do seu jeito, viver assim, viver sozinha, viver junto de quem eu bem entender.
Sem vergonha de sonhar...
Sonhar com o futuro, sonhar com o passado, sonhar com alguém, sonhar o impossível, sonhar com a realidade.
Sem vergonha de pedir...
Pedir ajuda, pedir conselhos, pedir perdão, pedir licença, pedir socorro, pedir um beijo.
Sem vergonha de perguntar... A hora, o nome, de perguntar se ainda se lembra, se ainda quer.
Sem vergonha de contar... Os minutos, a verdade, um sonho, uma piada ou uma história.
Sem vergonha de ser... Ser branco, ser negro, ser diferente, ser eu mesma ..

Sem vergonha de ser FELIZ!

9 de outubro de 2011

22.000º Visitante

OBRIGADA a TODOS
Beijinho com carinho da
Mami

Não esperes um favor, faz um!
Não esperes um agradecimento, agradece tu!
Não esperes gentilezas, procede!
Não esperes simpatia, sorri!
Não esperes amor, ama!



Nunca esperes nada da vida dos outros sem que tu já tenhas feito por alguém!!!!!

Olá, Bom Domingo a TODOS, bora lá cantar!

4 de outubro de 2011

Dia do Animal

Hoje é o DIA do ANIMAL

Amo os ANIMAIS porque o amor deles é primário, eles não pensam como devem agir, como devem amar, apenas amam e agem como o coração manda!
Eles não calculam as conseqüências em demonstrar seu amor, eles fazem instintivamente sem orgulho, preconceito ou interesse!

Se queres um AMIGO, arranja um CÃO.
Uma casa sem GATO é como um aquário sem PEIXE.

Eu tenho 3 gatas, 2 chinchilas (ás vezes mais, tenho 2 babies chins, neste momento), canários, peixes e uma tartaruga.
E já tive uma CADELA que era a minha melhor AMIGA que faleceu há 3 anos, precisamente neste dia. Até para me deixar ela foi ESPECIAL. Onde estiveres PIPAS estás sempre no meu CORAÇÃO!
E tu tens algum ANIMAL de estimação?

Este fds vou fazer voluntariado na Associação Kausa Animal

QUEM QUISER AJUDAR PODE CONTRIBUIR COM:

• Medicamentos diversos para animais;
• Resguardos;
• Desparasitantes em pasta, comprimidos, sprays, etc;
• Cestos, alcofas, comedouros, coleiras e trelas;
• Utensilios e produtos de limpeza, tais como:
• Rolos de papel de cozinha, Toalhetes humidos para bebé;
• Sacas de ração para Cão e Gato;

Conto com a tua presença. Vem e adopta um amigo.

1 de outubro de 2011

Aniversário da Joana

Um beijinho muito grande para a Joana e para a mãe Filipa.
Desejo-vos muitas felicidades.
Joana, o teu bolo estava lindo.
Obrigada pelo convite.

Ainda não vos tinha contado que tenho mais uma gatinha - A Micas, cá em casa são 3 Gatas, as 3 Marias ou as 3 Mi´s.

A Mimi, a Miffy e a Micas.