31 de dezembro de 2010

Para os meus AMIGOS - OBRIGADA a TODOS

Acabo o ANO de 2010 com saúde (para mim é o principal), deixo-vos com algumas mensagens que recebi (via sms, por mail e pelo facebook).
A todos agradeço, desejando tudo de bom.

BEM HAJAM e APROVEITEM A VIDA.


XAN JIN MING YANG NAN MAU PING SHUN TAN TSE PING MING YAO KHY SHY SHUI
Tendo em conta que estamos em crise fui comprar a mensagem de natal aos chineses para ficar mais barato.

Em 2011, quebra regras, perdoa rapidamente, beija demoradamente, ama verdadeiramente, ri incontrolavelmente, nunca deixes de sorrir por mais estranho que seja o motivo.

A vida é muito curta e pode não ser a festa que esperávamos, mas enquanto estamos aqui devemos aproveitá-la ao máximo, nasces sem pedir e morres sem querer.
Aproveita o intervalo.

Que o Natal seja permanente e que o ano de 2011 seja encarado com o espírito de marinheiro, em que as eventuais dificuldades são desafios a superar com positividade.

Olhos de sapo, patas de rã, que tenhas sorte todas as manhãs
Asas de morcego, baba de lombriga, que estejas sempre de bem com a vida
Patas de hipopótamo, couro de dragão, que nada nunca te magoe o coração
Dentes de cobra, ossos de urubu, quero que saibas que gosto muito de tu.
Unhas-de-gato, penas de galinha, que sempre estejas de bem com a vizinha

Vassoura, vassourinha que cada ano eu esteja mais bonitinha
Sapo sapinho que nunca acabe o meu perfume e o meu batonzinho
Caldeirão, caldeirinho, que haja abundância de dinheirinho

Não sou juíza, mas espero que sejas punida em 2011 com pena agravada de 365 dias repletos de saúde, amor e muita felicidade.

A todos os meus amigos e inimigos, colegas e melgas, para os carentes e aqueles que estão contentes, para os fixes e mesmo para aqueles que não gostam de peixe, para os que gostam de pipocas e para dondocas, mas acima de tudo para aqueles que me aturaram e com quem partilhei um pouco de mim, eu brindo e desejo muita alegria em 2011 e um BOM ANO

Bons amigos são:
como as bochechas do cu, sempre unidas e não há m…. nenhuma que as separe
como as cuecas, estão sempre connosco
como os preservativos, estão sempre a proteger-nos
como os soutiens, estão sempre a apoiar-nos
como o Viagra, põe-nos em cima quando estamos em baixo